Fotografo: Arquivo CCom
...
Maior feira de artesanato da América Latina (Fenearte)

Treze artesãos piauienses participaram da 19ª edição da Feira Nacional de Negócios do Artesanato (Fenearte), entre os dias 03 a 14 de julho, no Pernambuco. O Piauí contabilizou, em vendas, em torno de R$ 255.000, o que representa um crescimento de 15% na comercialização, o que deixou os artistas animados e esperançosos de que esse número cresça ainda mais nas próximas edições do evento.

Já no primeiro dia de evento, o artesanato piauiense contabilizou R$ 52.600 em obras vendidas, aumentando durante os dias de feiras, o que resultou em um crescimento em relação às edições passadas do evento.

Segundo a coordenadora da Fenearte, Márcia Souto, o balanço da maior feira de artesanato da América Latina foi positivo. “O público foi aproximadamente o mesmo do ano passado, o que é considerado muito bom. A circulação econômica no evento foi de R$ 2 milhões a mais, ou seja, mesmo na dificuldade da economia, a feira teve retorno”, contou Márcia.

Para o superintendente de Desenvolvimento do Artesanato Piauiense, Jordão Costa, esse retorno positivo tem uma grande importância para a economia do estado. “A Fenearte é a maior feira de artesanato da América Latina, ela reúne mais de 3.000 expositores do mundo todo e o Piauí é um dos grandes destaques e é uma honra para nosso artesanato piauiense ter um dos stands mais visitados da feira, o que faz com que fiquemos sempre entre os três estados que mais vendem. Nessa edição em específico, fechamos como o segundo estado que mais vendeu”, conclui o gestor.

O artesão Josielton Sousa participou do evento e disse que "a  Fenearte é uma feira diferenciada das demais, e isso faz com que as vendas fossem boas. Exemplo do primeiro dia de feira que foi melhor que da edição passada”.