Fotografo: Divulgação
...
Projeto Profissionalizar Mulher

A Fundação Wall Ferraz, da Prefeitura de Teresina, encerrou esta semana as atividades dos cursos de artesanato em bonecas de pano e de manutenção de celulares. Somente este ano, a instituição garantiu a centenas de teresinenses cursos profissionalizantes nas mais diversas áreas, e entre eles, cursos voltados para mulheres através do Projeto Profissionalizar Mulher.

O curso de artesanato em bonecas de pano teve carga-horária de 50 horas aulas e foi realizado no Projeto Amor de Tia, na zona Norte. Já o de manutenção de celulares teve 60 horas aulas de carga-horária e aconteceu no Centro de Capacitação do Bairro Vermelha, na zona Sul da capital. Juntos, os dois cursos qualificaram 40 pessoas.

“Hoje o mercado de trabalho dispõe de muitas vagas, porém poucos são os profissionais que estão preparados perante as exigências para ocupar o cargo, por isso os técnicos da Fundação Wall Ferraz trabalham para aumentar ainda mais as ofertas de cursos, por sabermos que a qualificação profissional é imprescindível para a inserção no mercado de trabalho”, explicou o presidente da Fundação Wall Ferraz, Scheyvan Lima.

Sara Santos, que reside no bairro Cidade Leste, viu no curso de manutenção de celulares a oportunidade ideal para que ela ajudasse no sustento de sua família. “Já estou há algum tempo procurando um emprego e resolvi buscar a Fundação Wall Ferraz para me qualificar. Agora que terminei o curso, pretendo abrir meu próprio negócio, já que na comunidade onde moro não tem nenhuma lojinha de assistência técnica em celular”, afirmou Sara Santos.

Apesar de o Projeto Profissionalizar Mulher ser voltado apenas para mulheres, alguns homens também foram contemplados, como é o caso do Ismael Carlos, marido de Sara Santos. “Assim como eu, muitos maridos viriam deixar suas companheiras, e iriam ficar do lado de fora esperando o término do curso, vendo isso, a Fundação resolveu nos matricular para que tivéssemos a mesma oportunidade”, relatou Ismael Carlos, que hoje trabalha como agente de portaria graças a um curso que ele fez oferecido pela Fundação Wall Ferraz.

O Projeto Profissionalizar Mulher é desenvolvido pela Fundação Wall Ferraz e Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres (SMPM). Para ter acesso a informações de novos cursos, projetos e oportunidades de emprego, basta acessar a site da Fundação Wall Ferraz na internet [https://fwf.pmt.pi.gov.br/ e as redes sociais. A FWF está localizada na Rua Coelho Rodrigues, número 900, na Praça da Bandeira, Centro de Teresina.