Fotografo: Ascom Seplan
...
Nas visitas são registradas demandas dos moradores

Em continuidade às atividades do Grupo de Trabalho da Romaria da Terra, foi realizada visita à comunidade Palestina. Nas reuniões com os moradores, foi reforçada a importância da presença dos órgãos do governo, instituições religiosas e entidades da sociedade civil nas visitas às comunidades atingidas pela Transnordestina, por mineradora e por projetos de Energia Eólica.

As comunidades estão sendo ouvidas e suas reclamações registradas para realização de rodadas de conversação entre os atores envolvidos nos processos. As equipes formadas por técnicos das secretarias e da sociedade civil organizada farão visitas às comunidades para ouvir e conhecer os problemas que estão sendo enfrentados, por exemplo, com a chegada da mineração e da instalação das usinas eólicas. A atividade prevê a aplicação de questionários, analise de dados e realização de seminários para a apresentação dos resultados.

A Seplan é responsável pela coordenação e articulação das ações pactuadas com as entidades que atuam no âmbito da Romaria da Terra. Técnicos da secretaria elaboraram um plano de trabalho, que está sendo retomado junto aos órgãos como Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural (SDR) e Interpi, e entidades como Cáritas, CNBB, Comissão Pastoral da Terra, Comunidades Eclesiais de Base (CEBs).