Fotografo: Divulgação
...
Sinalização de trânsito

Ciente de que trânsito é uma questão de cidadania e faz parte do dia a dia de todas as pessoas, o Departamento Estadual de Trânsito do Piauí (Detran-PI) busca, junto à população, um trânsito mais pacífico, trazendo à reflexão a importância de um comportamento mais responsável e mudanças de atitudes nesse espaço.

Dados da Seguradora Líder, empresa que administra o seguro Dpvat, apontam que, em 2018, o número de indenizações por acidentes caiu 18,09% em relação aos números de 2017. Ainda de acordo com o relatório, o Piauí registrou uma queda de 22,51% no número de indenizações por invalidez permanente e 5,78% de indenizações por morte em decorrência de acidentes de trânsito.

Para Arão Lobão, diretor-geral do Detran, o dado deve ser comemorado e é reflexo das ações contínuas de fiscalização, educação e sinalização de trânsito. “As ações de educação, fiscalização e sinalização promovem segurança no trânsito, levam os condutores à reflexão das possibilidades de escolhas no dia a dia que podem acarretar graves consequências nesse ambiente. Nosso intuito é educar e salvar vidas”, destaca o gestor.

Em 2018, mais de 500 mil pessoas foram alcançadas pelo trabalho educativo da Escola Piauiense de Trânsito (EPT). Foram 497 ações como blitzen educativas, abordagem e atendimentos em escolas e empresas. A equipe também esteve em 117 municípios do interior do estado trabalhando a temática.

Além do cronograma contínuo, a EPT promove ações pontuais como Maio Amarelo, Semana Nacional do Trânsito, realizado todos os anos com a proposta de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito.

Sinalização viária, segurança e serviços

Organizar, orientar e permitir maior trafegabilidade nas vias. Com esse objetivo foi que o Detran investiu em sinalização viária nos municípios de União, São Raimundo Nonato, Floriano, Cocal dos Alves, Corrente, Esperantina, Floriano e Cajueiro da Praia.

As obras consistem em sinalização vertical, horizontal e semafórica, definindo também área para atividades físicas dos moradores. “Essas obras fazem parte de um projeto do Governo do Estado que visa melhorar a qualidade do trânsito em todo o Piauí. Somadas às ações de conscientização, educação e à colaboração dos usuários, reduziremos ainda mais os acidentes de trânsito”, pontua Lobão.

O município de Água Branca também passará a contar com um novo prédio para o funcionamento da Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran). Visando ampliar e modernizar a estrutura física para proporcionar melhor atendimento, conforto e segurança aos usuários, a obra será entregue à população ainda este ano.

Ainda em 2018, o órgão implantou uma nova versão do sistema de Registro Nacional de Carteira de Habilitação (Renach), que é o banco de dados que registra toda a vida do condutor, além de controlar a emissão da CNH e da Permissão Internacional para Dirigir (PID). O novo sistema traz uma interface, um conjunto de características que visa à melhoria de todos os processos referentes à habilitação, garantindo agilidade e segurança ao usuário.

Lei Seca

“A população está se conscientizando sobre os perigos de dirigir após ter ingerido bebida alcoólica. O aumento das fiscalizações inibe a imprudência. É preciso fiscalizar sempre para que mais vidas sejam salvas e o trânsito seja um ambiente seguro para todos”, enfatiza Lobão sobre a Operação Lei Seca.

Em 2018, a gerência de fiscalização do órgão registrou 46.126 abordagens em veículos, entre motocicletas e automóveis. Dessa amostragem, resultaram 2.862 testes de alcoolemia, com 128 atuações por ingestão de bebida alcoólica, 32 prisões em flagrante, 96 processos administrativos, 80 recusas. Além de 4.911 autuações por motivos diversos e 1.708 veículos removidos.

A Operação Lei Seca é uma idealização do Detran e conta com a participação da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), Companhia de Policiamento Independente de Trânsito (Ciptran), Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRE), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e apoio da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP-PI).