Fotografo: Divulgação
...
Teleconsultas a partir desta segunda (27)

A partir desta segunda-feira (27), médicos credenciados e segurados do Instituto de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos do Estado do Piauí (Iaspi) já vão poder contar com a opção de telemedicina por meio de uma plataforma 100% digital. Profissionais de pelo menos dez especialidades (Ginecologia, Obstetrícia, Mastologia, Neurologia, Clínica Cardiológica,  Pneumologia, Endocrinologia, Urologia, Ortopedia e Otorrinolaringologia) já estão cadastrados no sistema.

O Iaspi vem já há algum tempo debatendo e definindo as estratégias para a implantação do sistema, optando por uma plataforma que preserva a relação médico/paciente, mas que, sobretudo, ofereça um serviço de qualidade. O instituto acredita que a ferramenta telemedicina irá trazer vantagens a todos, seja ao médico credenciado e, principalmente, aos usuários do Iaspi Saúde, e conta com o apoio da rede credenciada em apostar nesse modelo híbrido de atendimento (presencial e teleconsulta) para modernizar e ampliar os serviços oferecidos aos segurados.

O projeto oferecido foi pensado e desenvolvido exclusivamente para o plano de assistência à saúde Iaspi Saúde e estará disponível para todos os médicos e segurados da rede, com o objetivo de modernizar ainda mais as ferramentas disponíveis para o atendimento, tendo em vista à situação de pandemia da Covid-19 e à necessidade de se evitar o risco de contaminação na realização de consultas presenciais.

O preço da consulta em telemedicina paga ao prestador foi fixado em R$ 70, mesmo valor pago pelas consultas presenciais, e, nesta segunda-feira (27), tem início com os médicos já habilitados que desejam atender também pelo sistema. Essa adesão se dará sem a necessidade de deslocamento físico dos profissionais, por meio dos canais de telefone, pelo número (86) 2106-8860, e no e-mail suporte@infoway-pi.com.br.

O sistema

A plataforma vai oferecer um dashboard de atendimento por meio do qual os médicos poderão consultar a agenda do dia, bem como programar os atendimentos. A plataforma de consulta contará com um serviço de videochamada, onde o médico irá ver em tempo real o paciente, além de poder fazer anotações dentro da própria plataforma.

O sistema permitirá ainda outro serviço essencial: a possibilidade de gerar uma prescrição médica que será recebida via SMS pelo paciente após o término do atendimento. Para isso, é necessário que o médico credenciado adquira um certificado digital, ferramenta que garante a veracidade no atendimento, bem como fornece ao médico credenciado uma assinatura digital que garante que aquele atendimento e prescrições foram, de fato, realizados por ele.

A licença que o Iaspi usará é o Certificado Digital tipo A3, da empresa Soluti, que pode ser adquirido seguindo o tutorial https://conteudo.soluti.com.br/maida. Após a aquisição desta certificação, o médico credenciado poderá entrar em contato com a central telefônica pelo número (86) 2106-8860 e declarar o interesse de realizar atendimentos via telemedicina. Assim que o sistema estiver habilitado, o profissional será comunicado via portal e o médico credenciado poderá acessar o Instituto de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos do Estado do Piauí, criar login e senha e ter acesso a todo o material necessário dentro do próprio sistema.

A central irá cadastrá-lo na plataforma e enviar o link de acesso, login e senha para acessá-la, bem como um manual de boas práticas durante os atendimentos.  A plataforma permite ainda o controle da agenda do médico por parte das secretárias, tal qual é feito no atendimento convencional. O profissional deve reservar pelo menos 30 minutos para cada atendimento, desde o momento que o paciente entra na sala, até o momento onde o médico credenciado finaliza a consulta realizando as solicitações médicas.