Fotografo: Divulgação
...
Licitação da PPP das Miniusinas de Energia Solar

O Governo do Piauí realiza, na terça-feira (1), a partir das 9h, a sessão de licitação do Projeto de Parceria Público-Privada (PPP) para a implantação de oito miniusinas de energia solar fotovoltaicas em cidades piauienses. O projeto, elaborado pela Superintendência de Parcerias e Concessões (Suparc) e premiado nacionalmente, vai tornar os órgãos da administração pública estadual autossuficientes no abastecimento de energia.

A sessão de licitação será realizada de forma presencial, no auditório da Seadprev, localizado no 2º andar do Centro Administrativo, zona sul de Teresina. Por conta da pandemia da Covid-19, a Suparc adotou critérios sanitários para evitar a disseminação do novo coronavírus. Todas as regras do protocolo preventivo estão disponíveis no site da Suparc (www.ppp.pi.gov.br).

“As recomendações são as mesmas que temos adotado em nosso dia a dia, desde o início da retomada dos serviços. Todos deverão usar máscaras, manter o distanciamento mínimo de dois metros e as temperaturas serão aferidas na entrada do auditório. Pedimos que pessoas do grupo de risco evitem participar da sessão e que as regras sejam respeitadas para que o processo licitatório aconteça com segurança”, destaca a superintendente da Suparc, Viviane Moura.

O projeto passou por ajustes por causa da pandemia. A expectativa é que a PPP das Miniusinas resulte em uma economia de mais de R$ 7 milhões por ano nos gastos do Estado com energia elétrica. Serão construídas oito miniusinas com capacidade de produção de 5Mw cada. Essa energia será injetada na rede da concessionária Equatorial e será implantado um sistema para gerenciar e compensar a energia produzida e a consumida pelos órgãos da administração estadual. A previsão total de investimentos da iniciativa privada no projeto é de cerca de R$ 175 milhões.

A PPP das Miniusinas prevê um contrato com validade de 25 anos. Os oito sistemas de minigeração solar fotovoltaica foram divididos em quatro lotes para a licitação. Eles serão construídos em três terrenos públicos localizados nas cidades de Caraúbas, Cabeceiras e Canto do Buriti, além de outros cinco terrenos privados em cidades a serem definidas após a assinatura do contrato.

Apesar de ainda nem estar em operação, o projeto das Miniusinas de Energia Solar já é destaque nacional pelo pioneirismo. O projeto foi escolhido como a segunda melhor modelagem de PPP do país em 2019, no PPP Awards & Conference Brazil, o principal evento do setor no país.