Fotografo: Divulgação
...
livro sobre o sistema de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF) no Brasil

A Embrapa acabou de lançar um livro sobre o sistema de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF) no Brasil. O capítulo 4 da publicação destaca os avanços e desafios do sistema na região do Matopiba, que compreende os estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia. O livro “Sistemas de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta no Brasil: estratégias regionais de transferência de tecnologia, avaliação da adoção e de impactos”,é um importante manual para a sociedade, consultores técnicos e todas as entidades que fazem parte do agronegócio brasileiro.

Marcos Teixeira é coordenador das ações de transferência de tecnologia para o sistema ILPF na Embrapa Meio-Norte e um dos autores da obra lançada. Segundo ele, o exemplar apresenta as dificuldades e custos de adesão do método, contudo destaca também as potencialidades para o produtor que tem interesse na adoção da técnica.

O coordenador afirma também que o sistema resulta em ganhos econômicos, sociais e ambientais. “Com a adoção do ILPF, nós podemos dobrar a produção nas próximas décadas, usando a mesma área de cultivo atual, sem precisar desmatar. Na questão social, ele se destaca como um sistema que gera vários empregos diretos”, ressaltou Marcos Teixeira.

O capítulo 4, que descreve especificamente os desafios na região do Matopiba, foi elaborado por colaboradores da Embrapa Meio-Norte, no Piauí; Embrapa Cocais, no Maranhão; Embrapa Pesca e Aquicultura, em Tocantins, e Embrapa Cerrados, no oeste da Bahia.

Liane Cardoso, sob orientação de Fernando Sinimbu
Embrapa Meio-Norte