Fotografo: Divulgação
...
Orquestra Bandolins de Oeiras

A tradição que encantou o Brasil com o talento dos bandolinistas de Oeiras segue firme com a Orquestra Bandolins, que lançará o primeiro CD, no dia 23 de janeiro, às 20h, no Sobrado Major Selemérico, na primeira capital do Piauí.

Formada por 15 componentes, alunos da Escola de Bandolins Dona Petinha, inaugurada pela Secretaria de Estado da Cultura (Secult) em 2016, sob regência do professor Herberth Vinícius, a orquestra é motivo de orgulho para o Piauí. O grupo já se apresentou em eventos importantes, dentro e fora do estado, como a apresentação no Congresso Nacional em Brasília, na Sessão Solene em comemoração aos 300 anos da cidade de Oeiras, em 2017; e a participação na décima edição do Festival de Rabeca de Bom Jesus.

A gravação do CD foi realizada durante apresentação da orquestra no Teatro Saraiva, em Parnaíba, no dia 8 de dezembro de 2018, em turnê percorrida pelo grupo por seis municípios piauienses: Corrente, Bom Jesus, Floriano, Teresina, Piripiri e Parnaíba.

No repertório instrumental, que conta com 10 faixas, a Orquestra Bandolins valoriza o melhor da música brasileira, percorrendo diversos gêneros, que vão do erudito ao popular, contando ainda com a gravação da Valsa Cecy Carmo, do músico oeirense Possidônio Queiroz, e da Valsa Oeiras, de autoria do bandolinista pernambucano Betto do Bandolim.

O projeto fomentado pelo Sistema de Incentivo Estadual à Cultura (Siec) tem direção musical de Herberth Vinícius, gravação e sonorização de José Dantas, projeto gráfico de Paulo Moura, mixagem e arranjo de Tim Fonteles.

“A gravação deste CD era um sonho nosso antigo e que agora conseguiu ser realizado por meio do Siec. Nós estamos plantando sementes e preservando essa tradição tão importante para a cidade de Oeiras, e também para todo o Piauí”, ressaltou o secretário de Estado da Cultura, Fábio Novo.

O lançamento do álbum, com a nova geração de músicos, também é uma comemoração aos 20 anos do lançamento do CD das talentosas bandolinistas do grupo Bandolins de Oeiras, formado por Zezé Ferreira, Nieta Maranhão, Rosário Lemos, Lilásia Freitas, Petinha Amorim e a maestrina Celina Martins.