Fotografo: Paulo Barros
...
Formatura dos novos soldados da Polícia Militar

238 novos policiais militares estão à disposição da sociedade piauiense. Em solenidade de formatura, realizada na noite dessa sexta-feira (29), no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças da Polícia Militar do Piauí - CFAP, 240 novos policiais passaram a compor a corporação piauiense. A solenidade contou com a presença do governador Wellington Dias, familiares dos formandos, oficiais da PM e do exército e autoridades.

Na oportunidade, Dias assinou o termo de posse dos novos policiais e falou do benefício para a população. “Significa a possibilidade de uma presença maior de recursos humanos nos lugares onde temos carência, ou seja, vencer o crime. Garantir as condições de mais segurança para a sociedade” avaliou.

Os novos soldados se juntam a outros 85, formados na última quinta-feira em Picos, totalizando 325 policiais. Durante o curso de formação, os praças tiveram 970 horas/aula de treinamento, em período integral durante cinco meses.

“Procuramos capacitá-los e entusiasmá-los para servir à sociedade, com todas as habilidades que um policial necessita” pontuou o comandante do CFAP, Tenente-Coronel Sá Júnior.

O novo efetivo será empregado no interior do estado. O processo de lotação iniciará na próxima semana. Serão contemplados os batalhões com número reduzido de policiais e regiões com maiores índices de criminalidade.

“Temos uma atenção especial com nossas divisas. Com esse número, poderemos também trazer 80 policiais do interior para a capital, para empregar em áreas como a Vila Irmã Dulce e Torquato Neto que estão necessitando” anunciou o comandante-geral da PM-PI, Coronel Carlos Augusto.

O secretário de Estado da Segurança, Fábio Abreu, comemora o avanço no aparelhamento da segurança pública. De 2015 para cá, a PM recebeu 206 viaturas, 500 pistolas .40, 56 fuzis 5,56 e 3 mil coletes balísticos. Em menos de 2 anos 724 soldados ingressaram na corporação.  “Teremos agora a capacidade de contemplar as principais cidades da região norte com efetivo para fazer frente às necessidades” disse Fábio Abreu.

Entre os novos policiais não deve faltar disposição. “A sociedade pode esperar muito empenho e dedicação desses novos soldados” afirmou a soldado Jéssica Carvalho, oradora da tropa.