Fundada aos 15 de maio de 2006

Cidadão Repórter

(86)94674396
Teresina(PI), Sábado, 25 de Setembro de 2021 - 08:57
13/07/2021 as 21:07 | Por Nadja Dias | 250
PPP do Zoobotânico apresenta novo conceito de integração social e educação ambiental
O foco da PPP é a melhor proteção do parque e bem-estar aos animais,além de promover a integração entre ser humano e a natureza e o desenvolvimento socioeconômico das comunidades.
Fotografo: Divulgação
Zoobotânico de Teresina

A Parceria Público-Privada (PPP) do Parque Zoobotânico de Teresina vai oferecer um espaço focado na preservação do bioma local, valorização da educação ambiental e melhores condições de lazer para a família. Entre as melhorias está a despoluição das lagoas e a construção de novos espaços de integração, além da transformação dos recintos em abrigos no estilo de bioparque, onde os animais têm maior liberdade e mais oportunidades de interações com o visitante.

O Zoobotânico de Teresina é o terceiro maior parque urbano do Brasil e o maior do Nordeste, com uma área total de 127 hectares. A proposta da PPP Zoobotânico de Teresina é similar à do BioParque do Rio, antigo zoológico do Rio de Janeiro, que também adotou um modelo de concessão e passou por reforma total e reformulação do conceito. A superintendente do Programa de PPP Piauí, Viviane Moura, foi ao Rio de Janeiro e aproveitou para conferir como ficou o espaço.

“Vale destacar alguns exemplos como a concessão do Jardim Botânico e Zoológico de São Paulo, administrado pela Empresa Consórcio Reserva Paulista (SP), e o BioParque do Rio (RJ), administrado pelo Grupo Cataratas. A requalificação de espaços com os investimentos da iniciativa privada significa uma ampliação dos recintos das diversas espécies, de forma a estarem mais próximos dos habitats, priorizando o bem-estar animal”, explica Viviane Moura.

A modernização e requalificação do Parque Zoobotânico trará inúmeros efeitos multiplicadores, tais como a valorização do bem público e do patrimônio do Estado, o aumento da atratividade do espaço público, bem como o aumento de visitantes que irão interagir com o universo de um Bioparque aliado a imersão a um Zoológico integrado que proporcionará a expansão do conhecimento e de uma nova consciência ambiental.

“Uma vez que houver a mudança para algo mais dinâmico, poderemos ter uma vivência maior e mais abrangente. Isso pode ter um impacto positivo. A criação de espaços onde não só as crianças podem aprender, mas também os mais velhos, tem somente benefícios, pois muitos podem ter a visão de diferentes aspectos da fauna e flora, onde poucas pessoas sabem que espécies fazem parte do nosso bioma”, destaca Raillanm, estudante do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC) na Universidade Estadual do Piauí (Uespi).

A PPP fornecerá os potenciais de imersão, práticas e incentivos à Consciência Ambiental, à Educação e ao Entretenimento no Parque Zoobotânico. Todas as zonas de exibição serão também nichos de entretenimento educativo. A imersão poderá ser vivenciada em pequenos espaços expositivos, em áreas de pré-shows, salas de exposição e atrações interativas, além da observação dos recintos. A premissa essencial é que o entretenimento esteja sempre aliado ao conhecimento.

Para Francisca Alexsandra, mestranda do PROFBIO/Uespi, o viés educativo faz toda a diferença na conscientização do papel de todos na preservação do equilíbrio ambiental. “É um projeto essencial para o nosso Parque Zoobotânico de Teresina, pois além do entretenimento ele inclui também a pesquisa científica com foco na conservação e educação ambiental. Fico muito feliz com essa preocupação de garantir a qualidade ambiental, que é qualidade de vida para as futuras gerações. Tenho certeza de que os estudantes que lá frequentarão irão captar a mensagem e voltar para a sala de aula ou para a sua casa repassando o que aprenderam. É importante plantar essa sementinha, pois eles são o futuro do planeta”, aponta.

Através da PPP, a concessionária será responsável pela readequação, modernização, operação e manutenção do Parque Estadual do Zoobotânico. O contrato terá prazo de 35 anos e a previsão de investimentos é de mais de R$ 42 milhões. Desde o início de 2020 até o lançamento do edital, esse projeto foi amplamente discutido através de diversas reuniões e audiências públicas com o objetivo de ajustar e melhorar o material produzido a partir da coleta de informações e impressões de vários segmentos da sociedade civil organizada, pela academia, equipe do próprio Parque e entidades de defesa do meio ambiente. Todo o material e documentos referentes à PPP do Zoobotânico encontram-se disponíveis no site www.ppp.pi.gov.br.




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil