SDR apresenta Projeto Fertmóvel na IV Reunião Nordestina de Ciência do Solo


O evento prossegue até esta quinta-feira (30) e tem o apoio do Governo do Estado.

ECONOMIA AGRÍCOLA Publicada: 29/11/2017 17:25:57 Atualizado: 29/11/2017 17:39:13 Autor: Edna Maciel
Foto: Edna Maciel
Equipe da SDR participa de reunião e simpósio sobre solo.

A secretária interina de Estado do Desenvolvimento Rural, Patrícia Vasconcelos, participou, nessa terça-feira (28), da IV Reunião Nordestina de Ciência do Solo e do I Simpósio Piauiense de Ciência do Solo, no Blue Tree Towers Rio Poty Hotel. Na oportunidade, A SDR apresentou o Projeto Fertmóvel, para uma plateia composta por professores, universitários e pesquisadores, técnicos e produtores.

O evento prossegue até esta quinta-feira (30) e é organizado pela Embrapa Meio Norte, UFPI, Uespi, Instituto Federal de Educação e Ciência de Tecnologia (IFPI), com apoio do Governo do Estado, por meio dos técnicos do Emater e da SDR.

Segundo o coordenador do Programa de Geração de Emprego e Renda no Meio Rural (Progere), Musso Malan, o governo, por meio da SDR, aproveitou a oportunidade na apresentação do projeto Fertmóvel para mostrar a um público específico que pode realmente atingir o agricultor familiar com a prestação de serviço que é a analise dos solos. “Hoje, mostrando a importância que tem o Fertmóvel para o pequeno produtor rural, acredito que, dentro de, no máximo um ano e meio, estaremos colocando o projeto em prática, atendendo esse nicho que são agricultores familiares, levando informação para os produtores e melhorando a produtividade e qualidade da nossa agricultura”, afirmou Malan.

Patrícia Vasconcelos destaca o apoio ao evento, por meio do termo de cooperação técnica e de uma parceria efetiva com a Embrapa Meio Norte.  “A IV Reunião Nordestina de Ciência dos Solos e o I Simpósio Piauiense de Ciência do Solo estão trazendo para o estado representações da Embrapa de todo o país, estudantes e produtores, pesquisadores e instituições que trabalham com a agropecuária e com a questão do solo, um marco para todos os envolvidos com o evento”, comentou a gestora.

Sobre o Fertmóvel, a secretária interina frisou que o projeto é uma aposta do secretário Francisco Limma e do governador Wellington Dias. "A partir de 2018, há expectativa de aquisição de duas unidades móveis de análise de solo, visto que essa é uma área ainda em deficiência e onde grande parte dos solos do estado não possui a devida correção, devido à dificuldade de uma boa análise e, com essa proposta, temos a expectativa de superar esse desafio de déficit de análise de solo para agricultura familiar, o médio e grande produtor do estado do Piauí”, concluiu Patrícia.

O palestrante Daniel Vidal disse que o encontro é importante quando observa que o discurso e a prática estão caminhando juntos. "O Piauí, como um estado importante que é para a região nordeste, não pode ficar à parte daquilo que é considerado hoje como desenvolvimentos inovadores e tecnológicos na área da análise de solo. É claro que se vê com bons olhos esse tipo de visão do governo estadual em buscar esse conhecimento com que os detém, e transferi-los não só para os técnicos específicos das secretarias, mas principalmente para o produtor”, acrescenta Vidal.

O coordenador Henrique Antunes acredita que a apresentação de outras experiências, dos desafios a serem superados pela pesquisa ou extensão rural e o balizamento de tecnologias e informações, seja o grande resultado de um evento como esse, haja vista que serão abordadas durante toda a programação o encontro, as problemáticas do estado e serão apresentadas e encaminhadas soluções e propostas, como tem ocorrido em outras localidades.

“Para fazer um evento dessa magnitude com participação de vários estados e mais de 450 participantes é importante o envolvimento dos entes do governo. A SDR foi extremamente assertiva no intuito de dar todo o suporte para um evento como esse. Com certeza, essa aliança das instituições que ajudaram o evento é extremamente importante para melhorar o manejo do solo, que é a base da nossa agricultura, da produção vegetal e animal”, pontuou
Antunes.

Fertmóvel

O projeto é resultado de uma parceria que envolve Acordo de Cooperação Técnica da SDR com a Embrapa Meio-Norte, Embrapa Solos, Emater-PI e a Uespi, com o objetivo de atender os agricultores com o auxílio de dois laboratórios móveis alcançando áreas de produção que encontram-se distantes dos laboratórios de análises de solos, bem como divulgar e incentivar a prática de análise de solos para as recomendações de calagem e adubação em apoio ao uso sustentável de insumos agrícolas e contribuir com a redução dos riscos de contaminação dos recursos naturais, solo e água, por meio de recomendações de níveis adequados de utilização de corretivos e adubação.

O projeto atenderá todo o estado em assentamentos rurais, comunidades rurais, propriedades rurais e núcleos familiares provenientes da agricultura familiar.

Foto: Edna Maciel

Comentários

Comente está notícia:

Entrar na Rede SBC Brasil