Fotografo: Divulgação
...
Secretário de Turismo discute soluções para o setor

A Associação Brasileira de Operadoras de Turismo (Braztoa) vem, desde o início da pandemia no Brasil, trabalhando a Campanha #ViajarÉPreciso, que traz a mensagem “Não cancele, adie” e tem como objetivo apresentar ao turista a opção de fazer o adiamento de um pacote de viagem já com data marcada e não o pedido de reembolso.

O gestor da pasta do Turismo no Piauí, Flávio Nogueira Júnior, reforça aos turistas sobre a importância de manter a união nesse momento. “Temos total consciência do problema que estamos passando agora e que ainda vamos enfrentar depois, na sustentabilidade do setor, mas é preciso fortalecer e sempre relembrar que o turismo é um dos setores que mais gera emprego e renda, movimentando a economia do país. Precisamos nos unir e nos apoiar, dar voz a toda campanha que seja para o fortalecimento do setor. Estarmos confiantes para quando tudo passar”, pondera.

Dados publicados pelo Ministério do Turismo mostram que o ano de 2019 foi positivo para as operadoras de turismo no Brasil. O setor faturou R$ 15,1 bilhões no ano passado, valor 1,4% maior que o registrado em 2018. No mês de março de 2020, as vendas foram praticamente paralisadas.

Nogueira Júnior frisa que o Piauí está participando de reuniões online com representantes do setor turístico no Nordeste e de todo Brasil. “Temos mantido o contato, ouvindo e levando questionamentos. A última reunião que a Setur esteve presente foi com o Fornatur e Embratur na manhã da terça-feira (7). Temas como plano de recuperação, apoio, repasses e outros, foram levantados. Queremos ter boas notícias em breve”, finaliza o gestor, relembrando aos turistas para seguirem as recomendações dos órgãos de saúde e respeitarem o decreto estadual.