Sedet comemora ações que trouxeram desenvolvimento


A secretaria tem trabalhado políticas públicas voltadas à geração de emprego e renda, aprimorando estudos e pesquisas na área de tecnologia

EMPREENDEDOR Publicada: 07/01/2018 18:13:45 Autor: Márcia Rocha
Foto: Ascom Sedet
Lançamento do Edital Prêmio Jovem Cientista do Piauí.

Promoção do crescimento econômico e sustentável do estado. Esse tem sido o papel do Governo do Estado, através da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Tecnológico do Piauí (Sedet), por meio do Desenvolvimento Industrial; Ciência, Tecnologia e Inovação; Comércio Exterior, além de iniciativas de fomento a Arranjos Produtivos Locais (APLs).

A pasta tem trabalhado políticas públicas voltadas à geração de emprego e renda, aprimorando estudos e pesquisas na área de tecnologia, além de estimular a inovação. Durante o ano de 2017, o foco foram ações de apoio ao micro e pequeno empreendedor, aumento da competitividade do setor produtivo, a atração de novas empresas, bem como o incentivo à pesquisa científica e tecnológica. No eixo dos destaques estão: o desenvolvimento dos APLs, o Fórum Permanente Regional da Micro Empresa e Empresa de Pequeno Porte do Piauí, o lançamento da nova estrutura do Distrito Industrial de Picos, idealização do Edital Prêmio Jovem Cientista do Piauí, a realização do festival internacional Pint Of Science, PiauíTec, entre outros.

Entre alguns programas federais coordenados pela Sedet, estão os Arranjos Produtivos Locais- APL´s, que geram desenvolvimento das comunidades organizadas por meio de associações e cooperativas, consolidando-se como instrumento de desenvolvimento econômico integrado e importante estratégia de política pública. No ano de 2017, o programa esteve recebendo vistorias de técnicos do BNDES para avaliar os projetos em andamento e abrir novos editais.

O Fórum Permanente Regional da Micro Empresa e Empresa de Pequeno Porte do Piauí é também uma ação que existe na Sedet desde 2008 e que tem a proposta de debater assuntos de interesse do empresariado piauiense, trabalhando ideias que possam contribuir de forma mais efetiva no crescimento dos pequenos empresários e, consequentemente, do Estado. Em 2017, o Fórum inovou ao realizar o I Fórum Estadual de Desenvolvimento Econômico do Comércio e Serviços (FEDECS), voltado para a comunidade empresarial, sociedade civil e entidades públicas e privadas visando facilitar o entendimento de gestão, inovação e assim trazer melhorias para as empresas.

Outra atividade da pasta que gerou bastante expectativa entre os picoenses foi o lançamento da nova estrutura do Distrito Industrial de Picos, ampliando o antigo espaço com a proposta de instalar mais de 40 empresas no local. Com uma área de 93 hectares, as novas instalações terão pavimentação adequada para o trânsito de veículos de grande porte, iluminação, aterro sanitário e regularização dos lotes a preço subsidiados, além dos benefícios do incentivo fiscal (que as empresas participantes têm direito) e a instalação de um Recinto Especial para Despacho Aduaneira de Exportação (REDEX) visando o aumento da produtividade no Estado, no que se refere às exportações.

E na área de Ciência e Tecnologia, a pasta só tem a comemorar. Foram várias ações que promoveram a ciência em nosso Estado, como a realização de um dos maiores festivais de divulgação científica do mundo: o Pint of Science, que em Teresina reuniu mais de mil pessoas, durante as três noites de evento. Uma ação inusitada que levou discussões divertidas sobre pesquisas científicas para dentro de um bar. Uma oportunidade inédita de trocar conhecimentos sobre assuntos fascinantes de cunho científico em um ambiente leve.

Outra experiência importante da secretaria foi o lançamento do Edital Prêmio Jovem Cientista do Piauí, realizado em parceria com a Secretaria Estadual da Educação (SEDUC) e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Piauí (FAPEPI). A iniciativa teve o objetivo de estimular o intercâmbio de trabalhos técnicos e científicos dos estudantes das escolas da Educação Básica (Ensino

Fundamental, Ensino Médio e Educação Profissional e Tecnológica), tanto da rede pública e privada. Foram mais de 100 escolas inscritas, com envolvimento direto de cerca de 300 professores e 1.800 alunos expositores. A outorga da premiação ocorreu durante a realização da Feira Estadual de Ciência e Tecnologia do Piauí - Piauitec’2017, que por conta do edital, teve sua edição renovada.

Como marca registrada, anualmente, a pasta desenvolve o PiauíTec que tem como proposta o desenvolvimento de habilidades e talentos de estudantes, para que trilhem uma carreira promissora no universo da Ciência. A feira científica-tecnológica ocorre sempre na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, celebrada no mês de outubro. Nesta edição de 2017, o evento reuniu mais de 30 mil pessoas e apresentou nova característica, inserindo na programação o Edital Prêmio Jovem Cientista do Piauí, para galardoar os melhores projetos apresentados. Com a parceria da Rede Poc (uma organização que atua com programas educacionais, instituições acadêmicas e governamentais), o evento concedeu a oportunidade de três projetos (do Ensino Fundamental, Ensino Médio e Ensino Técnico), premiados na feira, representarem o Estado em eventos científicos na Colômbia, Equador e Peru.

Ao longo do ano, a Sedet ainda equipou, por meio de edital, nove laboratórios de pesquisa da Universidade Estadual do Piauí - UESPI, campus de Teresina, Parnaíba, Picos e Corrente. As áreas contempladas foram Computação, Agronomia, Odontologia e Biologia. Ao todo, foram investidos mais de R$140 mil reais na aquisição de mais de 40 equipamentos para suporte à pesquisa, tais como fresadora, microscópio, estufa, tensiômetro, dessecador, multimetro, microtração, centrífuga, dentre outros.

Comentários

Comente está notícia:

Entrar na Rede SBC Brasil