Teresina(PI), Quinta-Feira, 06 de Maio de 2021 - 02:50
10/04/2021 as 20:58 | Por Hélder Rocha | 468
Seduc adquire 10 mil tablets para alunos da rede estadual
Mesmo que o estudante não tenha acesso à internet em sua localidade, com o tablet, ele poderá utilizar a ferramenta quando for até a escola
Fotografo: Divulgação
Secretário de Estado da Educação, Ellen Gera

O Governo do Piauí, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), lança edital de pregão eletrônico para a aquisição de 10 mil tablets a fim de garantir ainda mais a conectividade dos alunos da rede estadual de ensino. O investimento beneficiará estudantes da 3ª série do Ensino Médio regular e VII etapa da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

O critério de julgamento adotado será o menor preço do item, observadas as exigências contidas no edital e seus Anexos quanto às especificações do objeto. A abertura das propostas e rodadas de lances acontece no dia 29 de abril do corrente ano, através do Portal de Compras do Governo Federal – www.comprasgovernamentais.gov.br .

O secretário de Estado da Educação, Ellen Gera, detalhou que, inicialmente, serão adquiridos 10 mil tablets que serão distribuídos entre as 658 escolas da rede. “Iniciamos uma licitação para comprar tablets que serão distribuídos para escolas. A ideia é repassar os tablets para estudantes em regime de comodato e, após a conclusão dos estudos ou fim das atividades remotas, os equipamentos permaneçam nas escolas e possam continuar sendo usados como material de apoio às atividades pedagógicas”, completa Ellen Gera.

Mesmo que o estudante não tenha acesso à internet em sua localidade, após ter recebido o tablet, ele poderá utilizar a ferramenta quando for até a escola devolver as atividades, podendo baixar vídeos, receber e enviar as atividades para o professor, utilizando a internet da escola.

“A Secretaria está trabalhando  para minimizar a dificuldade de conexão dos estudantes. Adquirimos e distribuímos chips, vamos adquirir os tablets e a ideia é fazer com que o estudante, mesmo morando na zona rural, em áreas sem cobertura das operadoras, possa ter acesso às videoaulas. A orientação  para as escolas será:  disponibilizar, semanalmente, todo o conteúdo trabalhado pelos professores no tablet para que esses estudantes, sem conexão, acessem o material”, acrescentou o secretário

 

Mais Conectividade

A Seduc iniciou o ano letivo de 2021 distribuindo 180 mil chips para estudantes matriculados na rede. A meta agora é adquirir chips e notebooks para os professores. “Continuaremos com a nossa política de mais conectividade, garantindo chips de dados para estudantes e professores. Além disso, vamos equipar as escolas com tablets e notebooks para apoiar as aulas remotas e o modelo híbrido. Investiremos mais de 60 milhões para conectar estudantes e professores da nossa rede estadual de educação”, relata o secretário.




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil