Fotografo: Divulgação
...
Aplicativo para ampliar acesso a aulas remotas

Em tempo de distanciamento social, a Secretaria de Estado da Educação (SEDUC) lança, na próxima segunda-feira (04), às 11h, o aplicativo para dispositivos móveis que dará acesso às funcionalidades encontradas no iSEDUC Aluno.

O lançamento será via live que acontecerá nas redes sociais da Seduc e Canal Educação.

O aplicativo, elaborado pela Gerência de Tecnologia da Informação (GTI) e disponível para todas as modalidades de ensino, permite aos estudantes acessar conteúdos e atividades vinculadas ao ano de ensino no qual o aluno está matriculado e, assim, dar continuidade aos estudos.

O secretário da Educação, Ellen Gera, ressalta que o aplicativo permite às escolas ampliarem as estratégias de acesso ao ensino para estudantes e professores da Rede Pública Estadual por meio de aula remota.

“Os alunos da rede pública estadual terão um novo instrumento de interação para auxiliar no desenvolvimento das aulas remotas, atividades pedagógicas e acompanhamento da rotina escolar. Toda a interatividade fica a cargo dos professores, de acordo com o plano de ação da escola. Essa ferramenta tecnológica é mais uma das possibilidades ofertadas pela SEDUC para apoiar os professores nesse momento crucial de combate ao Covid -19”, explica Ellen Gera.

Primeiro acesso:

– Baixar o aplicativo na Play Store do seu celular:
– Criar a identificação e gerar acesso na inscrição “Primeiro Acesso”.
– Selecione a cidade na qual estuda;
– Informe a escola e o turno matriculado;
– Selecione a série/ano e a turma que o aluno estuda.

O aluno deverá informar ainda a data de nascimento e o nome completo. Após estas informações iniciais, o aluno já pode ter acesso às aulas remotas. No menu principal de acesso a opções de aulas, o estudante poderá escolher um dia especifico no calendário e visualizar as disciplinas com aulas para aquele dia específico.

Confira o tutorial AQUI.

Ao acessar a aula, o aluno terá as seguintes opções:

AULA: onde terá acesso a detalhes da disciplina e um pequeno resumo sobre a aula;

APOIO: contém materiais indicados pelo professor como textos, website, videoaulas do Canal Educação, videoaulas gravadas pelo professor de sua turma e disponibilizadas no YouTube, além de textos em PDF;

ATIVIDADES: com os exercícios que devem ser acessados e realizados pelos alunos para atingir os objetivos da aula.

Entre as novidades, os alunos poderão responder no caderno de anotações as atividades que o professor enviou, fotografar e enviar da galeria dos seus dispositivos para correção.

“Além de visualizar o conteúdo das aulas conforme o dia da semana, o mesmo tem acesso ao material de apoio postado pelo seu professor e novas funcionalidades poderão ser ainda acrescentadas ao aplicativo, em um segundo momento, conforme a necessidade da rede”, afirma o Gerente da TI, Ricardo Luiz.

Em São Miguel do Tapuio, os professores da Unidade Escolar Lima Rebelo, que ofertam para mais de 400 estudantes o Ensino Fundamental, Ensino Médio regular, Ensino de Jovens e Adultos e Ensino Médio de Tempo Integral, já realizaram os primeiros testes com o sistema.

A professora da disciplina de matemática, Marcelli Gomes Cardoso, ressalta sua primeira impressão ao usar o aplicativo. “É maravilhoso. Uma ferramenta muito útil para o professor e estudante nesse período de isolamento e/ou até mesmo ao retornarmos as aulas presencias, pois contribui bastante para o desenvolvimento na cultura digital”, explica.

Marcelli ressalta ainda que a ferramenta iSEDUC facilita aos professores a inserção de materiais de apoio e/ou atividades propostas para o desenvolvimento de habilidades necessárias a cada ano de escolaridade.

“O aluno consegue facilmente desenvolver essas habilidades, pois tem acesso no menu principal às aulas e outras atividades propostas pelo professor de forma clara e bem simples. Com certeza a ferramenta irá nos ajudar bastante nesse período e após ele”, complementa.