Teresina(PI), Quinta-Feira, 29 de Outubro de 2020 - 01:44
19/09/2020 as 19:29 | Por João Marcelo Ferry | 248
Setembro Amarelo: Serviços na rede estadual ofertam cuidados em saúde mental
A orientação sobre os cuidados em saúde mental deve ocorrer de forma contínua e a população deve conhecer os serviços disponíveis na rede.
Fotografo: Divulgação
Setembro Amarelo

A campanha do Setembro Amarelo vem reforçar a importância da valorização da vida e prevenção ao suicídio, mas, além disso, também busca sensibilizar a população sobre a necessidade de cuidados contínuos com a saúde mental. Observando a importância de uma promoção de ações e a sensibilização da sociedade de que os cuidados com a saúde mental são essenciais, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) informa a presença de serviços na rede estadual que atendem as necessidades de cuidados em saúde mental da população.

A Rede de Atenção Psicossocial do Estado do Piauí possui, atualmente, 67  Centros de Atenção Psicossocial (Caps); 100% de cobertura de atenção básica nos municípios; Serviços hospitalares de urgência e emergência, ambulatórios especializados, dentre outros serviços que ofertam cuidado em saúde mental.

A gerente de Saúde Mental da Sesapi, Virgínia Pinheiro, aponta que a orientação sobre os cuidados em saúde mental deve ocorrer de forma contínua e a população deve conhecer os serviços disponíveis na rede para que possa buscar suporte quando necessário. Acrescenta que “a campanha do Setembro Amarelo alerta sobre a importância da valorização da vida e prevenção ao suicídio, orientando que o cuidado em saúde mental precisa ser realizado durante todo o ano, todos os dias”.

Ela aponta ainda que é importante identificar quando há uma sinalização de que algo não vai bem e buscar estratégias de cuidados, além de recorrer, quando necessário, às estruturas que são ofertadas para a população no sistema de saúde.

A Gerência de Atenção à Saúde Mental e Grupo Interinstitucional de Prevenção ao Suicídio do Estado do Piauí tem desenvolvido um trabalho comprometido e responsável no que diz respeito ao fortalecimento de políticas públicas voltadas à prevenção do suicídio no Estado. Há uma programação que está sendo disponibilizada nas redes sociais da Sesapi que inclui elaboração de materiais técnicos, qualificação nos territórios direcionados aos profissionais que atuam na Rede de Atenção Psicossocial, webinários com profissionais especializados em vários eixos do cuidado em saúde mental estão sendo contemplados, dentre outras ações que serão realizadas de forma contínua.

Virgínia destaca ainda a importância do cuidado em saúde mental dos profissionais de saúde que direcionam o cuidado à população.

A Secretaria de Estado da Saúde tem dado uma atenção especial aos profissionais de saúde ofertando atendimentos psicológicos na modalidade on-line por meio de dois projetos em que tanto profissionais de gestão municipal (Projeto Oriente-me) quanto estadual (Projeto Conectados à Vida) estão sendo contemplados. Para mais informações, os contatos da Gerência de Atenção à Saúde Mental são: 86 32163562/s.mental@bol.com.br




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil