Fotografo: Divulgação
...
Visão aérea do Morro do Gritador

A Secretaria de Estado do Turismo (Setur) irá distribuir durante o Festival de Inverno de Pedro II, que começa nesta quinta-feira (20), um guia de bolso com diversas informações importantes para os visitantes da Cidade Imperial. O folder contém ainda um mapa situando os principais pontos turísticos do município, como as cachoeiras e o Morro do Gritador.

A secretária executiva da Setur, Carina Câmara, explica que Pedro II é um importante polo de atração de turistas no Piauí. "Pedro II é um polo de turismo consolidado no estado. Além das lindas joias de opala, do artesanato, temos muito forte o ecoturismo com as cachoeiras e o Morro do Gritador. Vamos começar a desenvolver os produtos para atrair pessoas também fora do período do festival, para que a cada ano aumente mais esse atrativo do ecoturismo na região", afirmou.

O guia que será distribuído no festival destaca as cachoeiras do Salto Liso e do Urubu Rei, o Mirante das Araras, as minas de opala, o centro histórico, entre outros pontos. Também contém informações de onde comer, onde dormir, onde fazer negócios e compras, além de contatos importantes como da Associação de Guias de Turismo, hospitais, fármácias, oficinas e órgãos de segurança. Ainda serão distribuídos os guias das Cachoeiras e Piauí Destinos.

Festival

Festival de Pedro II chega em 2019 a sua 16ª edição unindo ecoturismo, música, artesanato e muitos atrativos que levam todos os anos milhares de pessoas à Cidade Imperial. Localizada na Serra dos Matões, a 600 metros acima do nível do mar, Pedro II é conhecida como um dos únicos lugares no mundo onde é possível se extrair a opala, pedra preciosa multicolor de beleza incomparável, mas também tem grandes atrativos naturais, clima ameno com temperaturas de até 15ºC. A receptividade do povo pedrossegundense também é uma das marcas da cidade, bem como seus produtos de tapeçaria e redes e culinária interiorana.

Os shows do festival deste ano terão atrações como Adriana Calcanhotto, Toni Garrido, Melim, Zeca Baleiro, além de artistas locais, músicos de jazz, grupos de dança, espaços voltados para crianças e jovens, oficinas de teatro, feiras de artesanato e agricultura familiar, exposição de fotografia e competições esportivas.

Confira aqui a programação completa